Thursday, February 28, 2008

Bronx People, Part 2: attempted mugging (or how a puma attack saved my life)

Na semana seguinte ao ataque do puma descrito no outro post (abaixo), estava eu, para variar, esperando o BX 12 (dessa vez para voltar para casa) ao lado da estação Fordham da linha 4 do metrô.

Era final de tarde e eu estava carregando mil sacolas do Trader Joe's (viva a vida orgânica!), depois de passar mais de uma hora na porcaria do 4 para ir da Union Sq. até a Fordham Rd. Estava um calor brutal, porque ainda era outubro e o outono tinha acabado de começar. Ou seja, eu, no auge do mau-humor esperando o raio do ônibus.

Eis que um sujeito (Bronx person, of course) me aborda:

- Want a MetroCard? 3 dollar. [sic]
- Na.
- 3 dollar, MetroCard.
- Na, buddy, thanks. I got one.
- I need a 3 dollar.
- I don't got 3 dollars.
- Well, you betta gimme 3 dollar.
- What? Hell, no! I ain't got no money on me.
- Will you gimme 3 dollar or I'll have to fight you?

Que fique claro que eu não queria a porcaria do MetroCard, realmente não tinha dinheiro e, mesmo se tivesse, não ia dar porcaria nenhuma pro cara! Do alto da minha esperteza nesses momentos (igual a quando tentei atropelar o trombadinha que tentou roubar meu celular na Consolação), tomei a atitude Alinesca mais óbvia. Coloquei minhas sacolas no chão com toda a fúria, estendi os braços mostrando as cicatrizes do ataque do puma e respondi:

- You wanna fight? So, you betta put up a good one, cause, as you can't see, I ain't afraid of no fight!
- Uh? What? Er... Holy shit, miss! Never mind...

E o sujeito saiu andando, para tentar vender a droga do MetroCard pra outro trouxa. Life ain't easy in the Boogie Down...

No comments:

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 3.0 Unported License