Wednesday, March 26, 2008

Work it harder, make it better, do it faster, makes us stronger, more than ever, hour after, our work is never over.

02 de novembro de 2007: eu já estava ficando meio irritada porque tinha milhões de coisas para fazer e o pessoal aí no Brasil de folga, por conta do feriado de finados. Eis que recebo um e-mail com um anúncio de emprego que parecia interessante (considerando que eu já estava aqui em NY dois meses vivendo estritamente da mesada do papai e da mamãe):

Office: Fordham University RETC: Center for Professional Development
Hours: between 6 – 8 per week, Flexible/ varied depending on office events. Usually between 9am and 7 pm Monday – Friday, occasional Saturday mornings possible.

Responsibilities: Office Tasks – photocopying, filing, answering phones, faxing; computer tasks- data entry, word processing, on-line research; Special Events- set up rooms, assist with workshop registration.

The qualified candidate should possess: strong organizational skills, a thorough working knowledge of Microsoft Word and Excel, the skills and motivation to work independently and solve problems, a professional demeanor appropriate to a business office, strong interpersonal and telephone skills, the ability to follow directions.

Office work for dummies, certo? Porém, dado que eu só posso trabalhar legalmente na faculdade e até 20 horas semanais, por que não? Telefonei e pedi mais informações. Eles marcaram a entrevista.

Levei meu CV e conversei com (fui entrevistada por) as 3 pessoas que trabalham no escritório. Foi difícil explicar porque alguém que fala 8 línguas e tem superior completo, a caminho de um M.A. e (hopefully) PhD queria tanto digitar, passar faxes e atender o telefone, mas depois de eu explicar toda a situação ("Really, this is the only job I seem to be able to take right now and I'm really looking forward to faxing stuff and answering phones. I mean, I have to buy groceries and do laundry just as much as anyone else - with or without a graduate degree, right?").

Acho que eles acharam minha honestidade engraçada: me ligaram alguns dias depois para saber se eu ainda estava interessada na vaga (mas é claro!). E foi assim que eu virei uma separadora de clips com superior completo.

A tempo, esse é o site do RETC.
Meu nome aparece na sessão "Contact Us".

No comments:

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 3.0 Unported License