Friday, July 11, 2008

Andy Warhol, silver screen

Saldo da minha aparição na FLIP: algo de 15 minutos de fama. [alguns minutos extras e jabás por vir. aguardem!]

Por enquanto, uma breve menção na Revista Paradoxo: Atraída pelo sucesso do escritor [Neil Gaiman], a estudante de Filosofia Aline Medeiros [sic], 25 anos, enfrentou a fila para presentear amigos com o autógrafo do escritor. “Ele é uma pessoa muito famosa”, disse.

Pois foi como eu disse por aí: com tanta gente fantasiada de Sandman e derivados, a pobre repórter foi escolher logo a mim, de bermuda jeans, camiseta branca e tênis, na maior normalidade possível, para entrevistar a respeito do Neil Gaiman?! Logicamente, a edição colaborou para que eu parecesse uma imbecil, stating the obvious ao dizer que "ele é uma pessoa muito famosa." (WTF?!)

Fato é que ela me perguntou por que eu estava ali. Disse que foi para pegar autógrafos em livros de amigos (Respectivo e Das, in fact). Como ela insistiu na pergunta, a saída foi confirmar o óbvio à la paraquedista de FLIP e dizer que, ué, ele é, tipo assim, suuuper famoso, então, vim ver! Deu no que deu. Mas - para a inveja de muitos - peguei pouco mais de uma hora de fila e saí com Coraline e Good Omens autografados. Os destinatários dos livros, é claro, me devem um rim cada por isso.




Em momento anterior, ainda no início da FLIP, na quinta-feira, enquanto estava no café ao lado da Tenda dos Autores com a Cassy e a Bia, o fotógrafo Rodrigo Almeida Prado, talvez achando que eu tinha jeito de rica e/ou famosa (too bad eu não ser nem uma coisa, nem outra!), perguntou se podia tirar uma foto minha para o Portal Onne da Cesar Giobbi, espécie de Audi Magazine online (porque revista Caras é coisa de wannabe, pessoal!). - Mas é claro que pode!

Alguns cliques depois, fui parar na capa de um dos álbuns da FLIP no site (ver acima), ao lado de João Moreira Salles e Elisabeth Roudinesco, além de dividir a página principal com outros globais.

*******

Um P.S., depois do olho clínico da Cassy: no site da Oi, site da cobertura oficial da FLIP, nos flashes que passam durante a entrevista da Adriana Lunardi, lá apareço eu, novamente, pegando autógrafo no (ótimo) livro da Vanessa, para meu primo.




*******

E o pessoal lá nos EUA costuma dizer que os povos latinos se arrumam demais; se empetecam até para ir ao supermercado. Eu costumo brincar que é hábito, já que eu vivo nessa coisa de nunca saber quando serei flagrada por um paparazzo. Em NY, pode até ser piada. Mas, por aqui, como eu só fui de fato notar neste meu breve retorno - inclusive quando descobri que a minha vida pessoal tem interessado mais às pessoas que minhas aventuras nova-iorquinas - é sempre bom ficar de olho em quem está por perto. No meu exílio, virei muito mais "gente" que imaginava!

4 comments:

C.Dias said...

Falou superstar!
E quer saber mais?
Vc foi capturada em video tbm!

Se vc for no site da FLIP OI (http://flip.oi.com.br/videos/index.html) e for na parte de cobertura jornalistica e clicar no décido video (de baixo pra cima, que tem a foto da Adriana Lunardi) vc aparece nele durante um flash da mesa de autografos quando estava indo pegar autografo da Vanessa.

Quando eu vi eu quase achei que estava alucinando, tipo 'acho que passei tempo demais em paraty, já tô achando que conheço todo mundo", mas é sério. Vai lá e dá uma olhada ;-)

AdrenAline said...

Wow! Mas que olho clínico. Eu ainda não tinha ido ver os vídeos e fotos genéricas da Festa, mas parece que eu estive MESMO em todas! hah As if...
Thanks for letting me know...

RazorB said...

Ok, então somos 2 leitores voyeurs, ahahahahahha
Pra vc fazer o scribbe, coloca < s > anter, e < /s > depois do que você escrever (sem os espaços). Um truque divertido pros posts! Só não pode usar em comentários

Fred Sorin said...

esse seu primo parece um cara muito legal, voce deveria até fazer uma propaganda dos blogs dele AHUAHUA

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 3.0 Unported License