Thursday, August 14, 2008

All these places feel like home (or, my first steps as a child of 25)


Eu posso ter falhado em não ter comido todas as delícias gregas em Detroit, mas cumpri parte do roteiro obrigatório indo ao The Henry Ford.

O museu, que, como eu já disse, fica em Dearborn, é gigantesco. É claro que passei a maior parte do tempo passeando pela seção de carros antigos (destaque para o Corvette Roadster 1953 amarelo, um dos meus favoritos em exposição - foto abaixo).

É claro que eu poderia ficar hoooras aqui falando de todos os carros e tal, mas pouca gente ia apreciar e ter saco pra ler tudo, então, vou falar um pouquinho do resto: eles têm uma seção enorme de história americana, bem legal, embora não tenha dado tempo de eu ver muita coisa.

Havia uma exposição temporária sobre chocolate, da qual fazia parte uma artista curiosa (Jean Zaun), que faz quadros somente com chocolate. Sim. Cho-co-la-te. A moldura, a tela, a pintura. Tudo é feito com chocolate branco, ao leite, amargo, corantes etc. E ele fazem inclusive reproduções em miniatura de telas famosas, como O Grito, do Edvard Munch, e Céu Estrelado, de Van Gogh. Os quadrinhos são affordable (os pequenos custam cerca de US$ 25.00 + taxa de envio) e duram por muito tempo, se você conseguir resistir e mantiver longe de animais de estimação e crianças.

Além disso (que me deu muita fome!), visitamos a famosa Dymaxiom House, uma projeção do arquiteto R. Buckminster Fuller, feita em 1946, de como seria a casa do futuro: redonda, de alumínio, de montagem rápida e praticamente portátil. Bem interessante.

Claro que tive que passar na lojinha para comprar uns souvenirs para o papai. Para uma loja de museu, os preços não eram tão exorbitantes (ou NY é mesmo uma cidade muito cara ou Detroit é mesmo uma cidade muito pobre...). De quebra, ganhei uma camiseta edição comemorativa de 100 anos do Ford T. Quem diria que há menos de 100 anos havia centenas desses rodando pelas agora muito decadentes avenidas da Motor City...

Depois de almoçar por lá mesmo (finalmente, uma salada grega!), fomos para a estrada, de volta a Traverse City, para mais um pouquinho de veraneio...

No comments:

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 3.0 Unported License