Saturday, November 8, 2008

Women's realm (or, my first time in a baby shower)

Philosophy baby boom: parece que todo mundo resolveu ter filho ao mesmo tempo aqui no departamento. Desde agosto, acho que já nasceram umas 5 ou 6 crianças! Un-freaking-believable!

Em julho, por e-mail, a Catherine me disse que seria a próxima mamãe do departamento. A filha dela vai nascer em janeiro. A Eleanor e a Margaret organizaram um chá de bebê para ela ontem. Eu nunca tinha ido a um chá de bebê (ever!), então, a coisa toda era uma grande novidade. Vesti minha roupinha apropriada: saia, blusa e sapatinho boneca pra combinar e tentar ser mais adequada no meio da galera cristã hardcore.

Parece brincadeira, mas é sério: eu geralmente não sou convidada para os eventos (chás, leituras de poesia e outras bizarrices) das "meninas" do meu departamento, porque elas me acham muito... "pouco ortodoxa". Também não sou muito amiga dos "meninos" porque, em sua maioria, eles ou têm aquela atitude pseudo-padre, ou então são apenas ultra-religiosos estranhos. Consequentemente, um dos meus melhores amigos aqui é um transexual de 40 anos - o que, per se, dá ao pessoalzinho mais um motivo para me achar meio "fora dos padrões". Mas essa é outra história, que será desenvolvida em outra ocasião.

A novidade maior do chá de bebê, na verdade, foi que havia mais homens que mulheres lá. A explicação: o velho problema... O nosso departamento tem atualmente apenas 6 mulheres matriculadas. Ou seja, excluindo a Catherine (a mamãe), a Eleanor e a Margaret (as anfitriãs), seriam apenas 3 convidadas! Três! Portanto, elas resolveram convidar também a galera XY. Elas não convidaram TODOS os homens do departamento, apenas os mair próximos do "nosso grupo" (entre aspas, porque esse é um grupo do qual eu não faço parte, exatamente).

No fim, éramos apenas 4 mulheres (eu fui a única "outsider" que apareceu) e 8 homens (o que não foi tão mal: 2:1 é melhor que a média do departamento, 9:1). Mas deu para entender porque homens geralmente não são convidados para esse tipo de evento. Discussão política vai, discussão vem, o assunto ficou rodando por uns 10 minutos em torno do tema: aborto. Bem apropriado para um chá de bebê...

Bom, às 18h, fui embora e a vida voltou ao normal: sem temas proibidos de conversas e sem sorriso forçado tomando chazinho. Aliás, estou passando longe da água do filtro do departamento...

1 comment:

Paulo Tiago said...

Nunca me chamam para essas coisas, mas eu fico até aliviado. Quando for o seu, me chama? Prometo que convenço o Tadeu a não levar goró.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 3.0 Unported License