Wednesday, December 10, 2008

Life in a glass house

O retorno da roommate from hell. Vai vendo.

Uns dias antes do último feriado (dia de ação de graças), chego em casa e tem um envelope da Cablevision (empresa de telefonia, TV a cabo e internet) pra mim. Geralmente é conta ou propaganda. Esperando que fosse a segunda (conta nunca é bem-vinda), fui logo abrindo o envelope. Não era conta. Era pior.

Era um aviso de que um download ilegal foi feito do meu IP. Um aviso bem assustador, diga-se de passagem: um relatório detalhado dizendo que downloads ilegais resultam em investigações criminais, solicitando que eu protegesse a minha rede wireless para evitar maiores problemas e um "vide anexo".

O anexo: cópias de cartas do advogados da J.K. Rowling (sim, a titia milionária do Harry Potter, que tem a indecente mania de andar com os peitos de fora), endereçadas à minha prestadora de internet dizendo eles seguiram um download ilegal de "Harry Potter and the Deathly Hallows" e chegaram ao IP número tal (no caso, o meu) e estavam solicitando à prestadora que tomasse as devidas medidas legais, blá, blá blá.

Minha primeira reação (óbvia): quem diabos anda baixando essa &%$#*@ de Harry Potter?

Tudo bem que aquelas criancinhas inglesas do filme são fofinhas e tal, mas eu não tenho tempo para esse tipo de "literatura" (o que quer que eu queira dizer com "esse tipo"). Além disso, não trabalho com esse esquema de livro via computador, seja audiobook em mp3, seja baixar o raio do arquivo para Mac, PC, Kindle ou variantes.

Mas atentem para o fato de eu compartilhar a internê com minhas 4 roommates. Vamos aos fatos, Miss Marple:

- roommate A: economista. Estuda 24/7. Quase sempre na biblioteca. Não lê por hobby, porque não dá tempo.
- roommate B: party girl. Acabou de se formar e entrar no mestrado. Está sempre em alguma festa ou treinando (ela é corredora).
- roommate C: não tem muitas habilidades informáticas, mas usa e-mail, não sabe ouvir música em formato mp3 e ama livros (old style, de papel mesmo).
- roommate D: não tem amigos. Quando não está em aula, está no quarto. Sempre na internet, já que ela é sempre a primeira a notar que a conexão caiu. E se irritar profundamente com isso, porque estava baixando alguma coisa no seu Mac-shit ultra pretensioso quando a conexão foi interrompida. Seu aniverário seria na semana seguinte, quando ela ia ganhar o Reader Digital Book (equivalente ao Kindle, mas da Sony). Além disso, como já foi discutido anteriormente neste blogue, é uma pessoa de caráter questionável.

Todas as provas apontavam descaradamente para um pessoa (quem????). Mas, como eu não gosto de acusar ninguém injustamente, esperei. Alguns minutos depois de eu comunicar ao apartamento o que estava rolando, ela (sim, a roommate from hell, como havia de ser!) sai de sua caverna (aka filial da Apple) e admite ter sido ela quem baixou a porra do Harry Potter (o livro, no caso, não a porra em si - mas enfim).

Tá bom. Dúvida solucionada, o problem persistia. Como o contrato com a prestadora está em MEU nome (claro!) se algum procedimento legal fosse tomado, quem ia tomar no meio do nariz seria essa criatura adorável que vos descreve seu dilema.

É claro que eu não passaria esse pânico sem transferi-lo ao ser que causou a confusão. Fato é que ela entrou em parafuso, ligou para advogados e o escambau. Ela fez o maior drama à la Party of Five. Pra nada. Porque eu sabia que se rolasse alguma confusão gigantesca, ela ia dar uma de "não sei de nada" e deixar a bomba estourar na mão da idiota aqui. Simplesmente porque ela é uma pessoa do mal. Sem caráter. Podre por dentro (no sentido literal e figurado).

A conclusão é que esta pessoa que habita o quarto ao lado de meu é a prova cabal de que, mesmo Deus não existindo, o Demo existe. Porque só ele pra ter mandado essa criatura pro mundo.

Estou pensando em dar um toque pra ela esses dias, pra ver se ela se entende que ninguém (não só eu, não, viu!) gosta dela e que é bom ela ficar na dela. Acho que vou usar a frase que recentemente se tornou meu bordão de internet favorito: se mexer com o bonde da diretoria, a bala come.

3 comments:

Erasmus Hanke Ercoles said...

Huahuahua.. oi, continuo acompanhando o blog. Adorei esse post. Apesar que.. coitada dela. :-)

Espero que dê tudo certo, ninguém merece. Embora imparcial, posso apostar que você concorda: Harry Potter sucks. (não precisa revelar)

david said...

A diretoria se reuniu, deliberou e decidiu soltar, por unanimidade, o seguinte apelo: COURO NELA.

C.Dias said...

Nossa! Até eu fiquei com medo agora!
;-)

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 3.0 Unported License