Saturday, February 14, 2009

Winter wooksie


Tem aquela lista de coisas que eu odeio. Em primeiro lugar (como muitos já sabem) está esquiar; em segundo: patinar no gelo. Como vocês podem notar, esportes de inverno não são muito a minha.

"Não são a minha" numas. Só tinha patinado no gelo uma vez na vida, há uns 15 anos, em São Paulo, no rinque de patinação do extinto shopping Matarazzo. Para as crianças dos anos 90: o shopping Matarazzo é um troço que existia onde hoje é o monstruoso (porém funcional) shopping Bourbon/Pompéia. Era uma festa de aniversário da Mari, portanto, foi em março, no pico do calor abafado e úmido de SP. O gelo era quase todo água, eu não conseguia ficar em pé mais de 2 segundos. Enfim, um inferno.

Mas como burrice e teimosia não me faltam, quase 15 anos depois, resolvi que iria tentar patinar no gelo de novo. Mas desta vez em grande estilo: no Rockefeller Center!

O Respectivo, na maior boa vontade, se ofereceu a me acompanhar na vergonha de cair de bunda no meio de NY na véspera do Valentine's Day. Sexta-feira à noite, depois de alguns
contratempos com transporte público e táxis, chegamos lá pouco antes das 20h. Alugamos os patins e fomos para o gelo.

A minha expectativa óbvia era de vexame, especialmente porque o Respectivo, sendo do Michigan, praticamente nasceu com skis e patins de gelo grudados no pé. E a demente aqui ia ficar parecendo bem mais demente em contraste com a habilidade alheia. E lá fui eu...

No começo, hesitei um pouco e dei a primeira volta segurando na barra lateral, para fazer um primeiro "reconhecimento de
terreno". Depois, o Respectivo me convenceu a dar uma volta devagar, de mãos dadas com ele, mas soltando a barra. Baby steps. Tenho que admitir que não foi tão ruim. Depois de algumas

voltas para ir pegando o jeito, eu já estava relativamente à vontade para pegar
mais velocidade e logo, logo, estava indo mais rápico que ele!

Para quem ainda está esperando para ler os detalhes da tragédia anunciada, fica um letdown: não caí nenhuma vez - e me diverti horrores. Depois de uma hora de patinação, era hora de ir embora, afinal, apesar de tudo, eu ainda odeio equipamento de esportes de inverno, porque tudo machuca horrores, e já estava prevendo a dor no pé/tornozelo/pernas no dia seguinte.

O importante foi que, diferentemente da primeira vez que patinei no gelo, saí de lá feliz, sem hematomas e seca!

(E, sim, eu tinha convites para assistir a um dos desfiles - o da Hillary Flowers - da NY Fashion Week e sei que muite gente vai me odiar por isso, mas deu uma preguiça...)

No comments:

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 3.0 Unported License