Monday, March 15, 2010

Chased by... I don't know what (or, again, the jehova's witnesses)

Um post rápido, só para não falarem que eu sofro de paranóia, mania de perseguição, tal.

Eis que fui passar o Spring Break na Flórida, com a família do Respectivo. Estou lá, maior vida boa, curtindo a falta de sol e tudo o que a Grandmaville tem a oferecer quando não está sol (i.e., nada!).

Em um dado momento, todo mundo sai de casa e eu fico lá, tranquila, lendo meu livro, na sala.

Aí, eu olho em direção à rua, para ver se o sol já tinha saído. E vejo alguém, de terno, parado perto da porta, a ponto de tocar a campainha. Abro a porta para ver do que se trata: "Só queria entregar isso aqui e convidá-la para vir ao nosso evento, no mês que vem. Está tudo aqui no folheto. Dê uma olhada."

Querem saber qual era o folhetinho?

Uma variação do Watchtower, com convite para ir a um evento sobre a busca por Deus. Pois é. Eles me acharam de novo! Desta vez, em Grandmaville, FL. E atacaram bem na hora em que não tinha mais ninguém em casa. MEDO!

Quando eu contei pro Respectivo, ele só acreditou porque eu tinha o folhetinho pra provar.

Sério, a coisa está ficando complicada. Se eles me acharem novamente nos próximos dias, juro que vou até lá reclamar com alguém e acusar esse pessoal de pacto com o Demo!

Thursday, March 11, 2010

The flying club cup

Fui fazer o check in online para o meu voo de NY para Ft. Myers, FL. Spring Break! Viva!

Aí, fui olhar o que a Delta considera "special items" em termos de despachar bagagens. Acho que ninguém lê essas coisas. Mas eu leio. E me mato de rir. Leiam:

Special items include:

  • Overweight bags: Bags over 50 lbs
  • Oversize bags: Bags over 62 inches (when you total the length + width + height)
  • Baby items: Stroller, child restraint seats
  • Assistive devices: Wheelchair
  • Sporting equipment (not including golf clubs): Bicycle, ski equipment, parachute, surfboard, windsurf board, scuba tank
  • Fragile/bulky items: Saddle, antlers, Hawaiian pineapples, military duffle bags

Notem o último item: sela, chifres, abacaxis do Havaí, e bolsas de viagem. Abacaxis???? Mas só os do Havaí são frágeis. WTF?

Sunday, March 7, 2010

Winter wooksie (or, let's talk about food)

Faz tempo que eu não falo de comida. Vamos falar de comida, então.

A Clarita, minha amiga diplomata extraordinaire, sempre me manda umas pessoas queridíssimas para me entreter aqui na América. Outro dia, fui me encontrar com A., que tinha acabado de se mudar de Madri (terra de Clarita) para o Brooklyn.

Fomos almoçar no Mesa Grill, na região da Union Square. Não tinha feito reserva, mas achei que talvez déssemos sorte. E foi o caso. Se bem que, logo depois que chegamos, o restaurante lotou. E era quarta-feira!

Logo entendi o motivo: o menu é sensacional. Está longe de ser barato, mas vale cada centavo. De entrada, comi um tartare de salmão (que, acabei de descobrir, não está mais no menu). O prato principal foi o fabuloso mahi mahi grelhado, com um molho de abacaxi e cebola caramelizados, e risoto com chillis.

A sobremesa foi de matar de boa: torta invertida de leitelho com abacaxi, com calda de rum caramelizada, e sorvete de abacaxi. E olha que eu nem gosto de sobremesas com abacaxi!

Bobby Flay agora está na minha lista de chefs favoritos de NYC (que inclui, claro, John Fraser - favoritíssimo! -, Harold Dieterle e Tom Colicchio) . E, se eu soubesse que ele tinha uma filial do Mesa Grill em Paradise Island, nas Bahamas, teria almoçado lá e me livrado da falta de opções culinárias de Nassau (contos caribenhos por vir).

Oh, well.
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 3.0 Unported License