Tuesday, April 6, 2010

Monday, you can hold your head

A pessoa nota que sua vida se tornou absolutamente patética quando bate aquela revolta porque a TV a cabo resolveu não transmitir nenhum dos programas a que ela assiste na noite de segunda-feira.

Mas explicando melhor: não trabalho com televisão. Notem, quando a minha super TV LCD de 37" (que só é tão super porque o Respectivo insistiu, por conta do PlayStation 3) ficou com a imagem limitada a 3 tons de verde, minha reação foi bem à la Charlie Brown (mas que puxa!). Não trabalho com televisão, mas assisto a dois ou três programas semanais, religiosamente. Todos na segunda à noite.

Aí, veio a March Madness com seus jogos de basquete super supimpas e esculhambou com a programação da segunda à noite, por conta da final do campeonato (e porque eles precisavam passar um especial de duas hores de 24!!, que é, de longe, o pior que a TV a cabo tem de oferecer).

A vantagem é que o Respectivo e eu assistimos a um DVD informativo que estava pendente, e vimos um pouco do jogo (eu: a contragosto). Mas o ponto alto da noite foi o pouquinho que vimos de Family Guy, em que eles apavoraram com as testemunhas de jeová. Estava na hora!

Aí você fica na dúvida se sua vida é mais patética porque os programas a que você queria assistir (e que completam a sua segunda-feira) não estão sendo transmitidos - e isso arruina sua noite -, ou porque você fica feliz por ter visto um outro programa aloprar com a seita que te persegue. Ah, os pequenos prazeres da vida!

No comments:

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 3.0 Unported License