Tuesday, August 24, 2010

Six things without fail you must do

O problema de se morar em uma cidade onde há bilhões de coisas para se fazer (como NY, São Paulo, Paris, Berlim etc.) é que a gente acaba vencido pela infiniude. E eu não fujo da regra. Depois de quase três anos em NY, não tinha conseguido ir a quase nenhum museu, por exemplo.

Ok, já fui ao Metropolitan um número de vezes que dá uma cota para a vida inteira, mas até pouco tempo atrás não tinha conseguido ir aos outros museus. No início desse ano, finalmente consegui ir ao MoMA com o Respectivo (embora ele tenha ido a contragosto, porque ele não trabalha com arte moderna), mas foi num dia meio confuso, muito cheio (como sempre). Pouco depois disso, também fomos à Frick Collection, que é uma casa linda, apesar de a arte em exposição lá não estar no meu Top 10.

Como eu disse no outro post, quando o Athos veio pra cá, eu finalmente fui ao Whitney. Mas ainda faltavam o Guggenheim e o Museu de História Natural.

Aproveitei que a mamãe veio para NY comigo passar uns dias e recheamos o calendário turístico-cultural. Fomos ao Museu de História Natural, ao MoMA, ao Whitney, ao Guggenheim, à Frick Collection, e a uma peça off-off-Broadway (The Late Henry Moss, que, surpresa!, é do Sam Shepard - quem conhece minha obsessão com Sam Shepard sabe como esse é o tipo de coisa que me faz feliz).

E ainda sobrou tempo para irmos explorar a alta (e média) gastronomia de NY (incluindo no roteiro brunch no Pastis, brunch no Dovetail - meu all-time favorite -, almoço no Blue Water Grill, almoço no Mesa Grill, cupcakes na Magnolia Bakery, além daquele almoço básico na Arthur Ave., e aquela passada de sempre no Wholefoods e no Trader Joe's. E com bônus de batatinhas fritas no Pommes Frites.

E fomos também aos Hamptons, aproveitar o clima de praia, a NJ, asisstir ao jogo (amistoso) do Brasil contra os EUA, e passamos um dia em New Haven, aproveitando um almoço orgânico/vegetariano sensacional no Claire's Corner Copia.

Essa é a NY que eu quero para mim, para sempre. Porque estátua da liberdade e Empire State Building são para os fracos.

No comments:

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 3.0 Unported License